Vitor Ramil

Compositor, cantor e escritor, o gaúcho Vitor Ramil começou sua carreira artística ainda adolescente, no começo dos anos 80. Aos 18 anos de idade gravou seu primeiro disco Estrela, Estrela, com a presença de músicos e arranjadores que voltaria a encontrar em trabalhos futuros, como Egberto Gismonti, Wagner Tiso e Luis Avellar, além de participações das cantoras Zizi Possi e Tetê Espíndola. Neste período Zizi gravou algumas canções de Vitor, e Gal Costa deu sua versão para Estrela, Estrela no disco Fantasia.

1984 foi o ano de A paixão de V segundo ele próprio. Com um elenco enorme de importantes músicos brasileiros, este disco experimental e polêmico, produzido por Kleiton e Kledir, proporcionou ao público uma espécie de antevisão dos muitos caminhos que a inquietude levaria Vitor Ramil a percorrer futuramente. Eram vinte e duas canções cuja sonoridade ia da música medieval ao carnaval de rua, de orquestras completas a instrumentos de brinquedo, da eletrônica ao violão milongueiro. As letras misturavam regionalismo, poesia provençal, surrealismo e piadas. Deste disco a grande intérprete argentina Mercedes Sosa gravou a milonga Semeadura

CONHEÇA MAIS SOBRE VITOR RAMIL AQUI

Discos
  • Foi no mês que vem

  • Délibáb

  • satolep sambatown

  • Longes

  • Tambong

  • Ramilonga

  • À BEÇA

  • TANGO

  • A PAIXÃO DE V SEGUNDO ELE PRÓPRIO

  • ESTRELA, ESTRELA

Notícias
Imprensa
Contatos
CONTATO PARA SHOWS

Ramil e Uma Produções

producao@vitorramil.com.br

+55 21 2542.8304

+55 21 2542.5956

VITOR RAMIL NAS REDES
USE O FORMULÁRIO PARA ENVIAR MENSAGENS